Seu Filho é INCLUÍDO OU EXCLUÍDO na hora de Brincar? | Autismo

IMG_3694

Oi Genteeee! Tudo bem? 😉

Hoje vim falar pra vocês que tô numa TPM maldita. OPS! Desculpa aí!

MENTIRA! Quer dizer, verdade! Mas não é isso que vim falar.

Vim falar o quanto estou feliz e cheia de esperança! Apesar de neste momento estar usando absorvente!Rsss Com a possibilidade do Daniel meu filho fazer amizades legais pra ele. 

Daniel, pra quem não sabe, é autista, tem 3 anos e meio. Ele ama abraçar muito, contato físico, ao contrário de muitos autistas. Pra vocês verem como cada autista é diferente do outro. E cada um tem suas características, limitações.

Isso sempre foi um problema pra muitas crianças. Mas, estamos descobrindo com o tempo que nem todas acham ruim. Explicamos a ele claro, que tem que respeitar o espaço do outro, que nem todos gostam! Não é porque ele é autista que deixaremos ele fazer o que bem entender. Educamos para viver em sociedade.

Mas, é muito legal quando encontramos crianças que apesar de serem crianças, entendem ele e o aceitam como ele é! Daniel hoje tem amigos que amam quando ele abraça, acham ele engraçado, riem juntos, brincam muito! E não dá brigas.

Isto me dá muita esperança! Como mãe me sinto realizada.

Estes amigos do Dani, o aceitam como ele é no sentido de…

Quando ele abraça eles deixam, e se divertem com isto.

Quando Daniel não entende uma brincadeira, vão no embalo do que o DANI está fazendo e brincam da forma que DANI FAZ. Notam que se tá difícil pro Dani certa brincadeira, vão brincar do que ele está fazendo seja o que for.

Se Dani não sabe jogar um jogo que elas querem, e ele quer brincar de passar carros no túnel improvisado, então eles vão lá pro Túnel e brincam e dão muitas risadas. SENDO CRIANÇAS. As vezes até levam os brinquedos pra esta brincadeira que DANI inventou pra incluírem ele.

Se Pro Dani é mais fácil brincar de carro na pista? Então por que não irem todos pra pista e a partir da pista de carros criamos outra brincadeira divertida? Assim vamos no interesse do Dani, por ser mais fácil para ele, e a partir disto Dani poderá se interessar por novas brincadeiras!

DICA

Pra um autista muitas vezes é mais fácil aprender novas coisas a partir de um foco que eles tem! Se gostam muito de carros, vamos incluir novas atividades por exemplo dentro da brincadeira com carros! Assim conquistamos a atenção dele e fica mais fácil entrosar.

Dani ama pessoas, estar junto, e de festas! ELE AMA GENTE! Só que ele algumas vezes não sabe como iniciar a amizade, o diálogo. Então seria uma forma das crianças o ajudarem. Entrando no “mundo” dele, no que ele gosta mais, pra aos poucos irem juntos evoluindo na amizade.

Eu acho lindo quando os pais explicam para os filhos que… Todos somos diferentes! Se está difícil pra um amigo certa brincadeira, porque não mudar? Por que não incluir então ele em outra? E juntos vamos evoluindo? Um ensina o outro? Que tal?

Assim, ensinam além de tudo a serem mais tolerantes, a ter empatia pelo próximo, paciência, compreensão e sem dúvidas, MELHORES SERES HUMANOS! 

Disto que o mundo precisa…

Um Super Beijo,

Pri

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s